5 mitos sobre a segurança da informação

Tempo de leitura: 3 minutos

Hoje falaremos 5 mitos sobre a segurança da informação.É impossível negar que, constantemente, os crimes cibernéticos ocorrem nas empresas, provocando prejuízos de ordem financeira e até mesmo o vazamento de informações confidenciais. Por isso, é necessário entender os mitos que rodeiam a segurança da informação para saber como aplicar ações estratégicas e proteger o seu negócio.

Pensando nisso, vamos esclarecer no artigo de hoje 5 mitos sobre a segurança da informação nas empresas:

1. Minha tecnologia é muito antiga

Um grande mito. O que mais acontece no ambiente corporativo é que os computadores não são atualizados e apresentam lentidão e mau funcionamento. Isso ocorre porque as atualizações de programas e do sistema operacional são necessárias para a correção de erros e o aprimoramento do sistema.

Por não haver o hábito de manter seu sistema devidamente configurado e atualizado, o gestor acaba considerando a sua tecnologia obsoleta e lenta, o que nem sempre é verdadeiro.

Para corrigir esse problema, basta manter sistemas e equipamentos sempre com a atualização em dia. Isso diminui as vulnerabilidades e faz com que a segurança da informação na empresa seja muito mais eficaz.

2. A maioria dos ataques e ameaças virtuais é muito sofisticada

Pelo contrário, a maioria dos ataques e ameaças virtuais são simples e têm como porta de entrada o próprio descuido do usuário, que não se preocupa em fazer uma senha forte; mantém seu computador logado, mesmo após o uso; clica em links de e-mails de spam e são descuidados de forma geral, o que é um prato cheio para hackers.

Para evitar esse tipo de problema, nem sempre a empresa precisa investir em sistemas caros de proteção. Muitas vezes, a implantação de uma política interna e o treinamento dos funcionários é mais eficiente e custa muito menos.

3. Controles de rede não são úteis, já os ataques ocorrem no nível 7 das aplicações

Não. Se algum vendedor de aplicativos voltados para a segurança da informação disse isso, provavelmente foi para vender o seu próprio peixe. Mas isso é apenas mais um mito.

Um firewall ativo, por exemplo, consegue bloquear esse tipo de ataque sem maiores problemas, já que, por meio do gerenciamento e configuração do sistema, os ataques nível 7 são automaticamente barrados pelo sistema.

4. É preciso pagar caro para evitar ataques à segurança da informação na empresa

Felizmente, não. Algumas pequenas e médias empresas — PME’s — investem pesado em segurança para blindar seus sistemas contra ataques e vulnerabilidades.

Na prática, não é necessário gastar tanto dinheiro e recursos para proteger os dados e informações confidenciais. Basta ter um sistema de proteção adequado ao perfil do seu negócio e utilizá-lo corretamente.

A própria empresa que fornece o sistema para a segurança da informação aplica periodicamente atualizações e novos pacotes, a fim de diminuir as vulnerabilidades do sistema ao máximo.

5. Políticas de utilização da tecnologia corporativa não funcionam

Mito, a menos que o gestor não fiscalize as políticas de utilização da tecnologia impostas pela empresa.

Essas políticas são necessárias para que os colaboradores saibam como devem utilizar a internet e as tecnologias disponíveis, de forma responsável, o que diminui bastante a possibilidade de ataques e invasões por parte de criminosos virtuais e pessoas mal-intencionadas.

Além desses, existem vários outros mitos sobre a segurança da informação nas empresas, o que impede várias ações estratégicas e importantes serem tomadas. Nesse caso, o melhor caminho é sempre pesquisar a respeito do assunto, separando o que é verdadeiro do que não é, e utilizar a tecnologia a favor do seu negócio!

Gostou do nosso artigo de hoje? Já ouviu algum outro mito sobre a segurança da informação que não está nesta lista? Então deixe seu comentário!

Junte-se a 7.100 leitores inteligentes e receba atualizações, artigos e dicas imperdíveis para ter sucesso na gestão de tecnologia ( é grátis! )