Cloud: Como a nuvem é um pilar para Black Friday?

Tempo de leitura: 3 minutos

Segundo pesquisa realizada pela Ebit, a participação do mobile no total de vendas já é de 50% no Brasil. Você faz parte dessa estatística? As lojas virtuais no Brasil têm ganhado cada vez mais espaço e atenção por parte dos clientes, tanto que, a Black Friday se iniciou no meio online.

O que é Black Friday?

Uma teoria é que o termo foi criado nos Estados Unidos na década de 1960 para se referir ao dia após o feriado do Dia de Ação de Graças, o Thanksgiving, em que o trânsito das cidades se tornava um caos. Isso despertou uma ideia entre os lojistas, que passaram a fazer diversas promoções para atrair quem passasse por lá. Essa referência ao trânsito logo se expandiu e se tornou uma grande tradição de compras e ofertas.

A Black Friday chegou ao Brasil em 2011 com o portal Busca Descontos. Porém, divergindo do modelo estadunidense, a Black Friday brasileira começou exclusivamente online e posteriormente se expandiu para o varejo físico.

O que é Cloud Computing?

O cloud computing é um modelo de serviço de TI, que possibilita acessar recursos computacionais por meio da internet, tais como servidores, redes, aplicações e serviços.

A adoção desse modelo permite que os dados armazenados em nuvem sejam acessados de qualquer lugar onde haja conexão com a internet, por meio de qualquer dispositivo, desde mobile até desktop. Além de ser mais flexível quanto ao volume de dados que podem ser armazenados, capacidade de processamento de sistemas e a quantidade de transações realizadas por período de tempo.

Qual a relação entre cloud e alta disponibilidade?

A alta disponibilidade, também conhecido pela sigla HA,  é uma expressão que se refere a um sistema, componente ou ambiente tecnológico que está continuamente em operação, ou seja, que fique disponível e operante o máximo de tempo possível.

Como mencionado anteriormente, a cloud computing permite o acesso aos dados armazenados em nuvem, de qualquer lugar onde se possa estar conectado, portanto, garante que os sistemas de determinada empresa adepta à esse modelo, estejam funcionando o tempo todo. Ou seja, cloud pode ser interpretado como o precursor da alta disponibilidade de um empreendimento.

Como as lojas virtuais e a Black Friday estão relacionados à tecnologia de cloud computing?

Com o boom tecnológico, as vendas online por meio de lojas virtuais (e-commerces) têm crescido expressivamente. De acordo com a pesquisa WebShoppers 2018 a estimativa para o final do ano, é de fechar em R$ 53,4 bilhões. A análise feita pela Ebit, mostrou que, em 2018, as vendas online contam com 27,4 milhões de consumidores, sendo que 4,5 milhões são estreantes. Também mostrou que foram gerados 54,4 milhões de pedidos, sendo 61,2 % deles vindos da região Sudeste. A região Sul mostrou maior expansão, com alta de 24% em relação a 2017. Para esta Black Friday, o indicador de consumidores únicos evidenciou um crescimento de 9% em relação ao ano de 2017, chegando a 2,41 milhões.

Segundo pesquisa da Ebit/Nielsen, a movimentação financeira por compras online para a Black Friday de 2018, atingiu em torno de R$ 2,6 bilhões, 23% a mais que o ano anterior. A pesquisa também revela que houve um aumento no número de pedidos, que registraram uma expansão de 13%, indo de 3,76 milhões para 4,27 milhões, com alta de 8% no ticket médio, um equivalente a R$ 608,00.

Considerando isso e interpretando as compras online como uma praticidade fornecida pela tecnologia, é essencial que os sites de compras sejam rápidos, funcionais e de fácil navegação, evitando travamentos, perda dos produtos em carrinho e atrasos na conclusão do processo de compra.

Sob essa ótica, a tecnologia de cloud, por possibilitar a alta disponibilidade, se mostra uma solução não apenas viável para o lojista, uma vez que reduz custos de manutenção de infraestrutura de TI. Mas também beneficia o consumidor, que pode ter acesso a um e-commerce prático e funcional e, com a Black Friday, recheado de ofertas.

Portanto, adotar a cloud computing pode ser uma das melhores soluções para seu negócio, quando colocados em pauta o custo-benefício e, principalmente, a experiência do cliente.