Como evitar erros na gestão de TI

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Como evitar erros na gestão de TI

Como evitar erros na gestão de TI ? Grandes, médias ou pequenas empresas têm tido uma dependência cada vez maior de sistemas de informação para serem capazes de se destacarem no mercado e garantir sua presença perante a concorrência. Diante disto, a gestão de TI das empresas assume papel-chave para garantir que os recursos sejam destinados às áreas e projetos onde terão maior retorno financeiro para as empresas.

O gestor deve ficar atento aos aspectos que impactam nos resultados, sendo alguns problemas decorrentes da falta de ações pontuais enquanto outros são resultado de uma omissão ainda maior das pessoas envolvidas. Então vamos ver como evitar erros na gestão de TI?

Não entender a necessidade do usuário

Todo e qualquer sistema é voltado para resolver um problema que o usuário está enfrentando. É fundamental entender qual o problema para decidir a melhor abordagem para combatê-lo e quais são as reais expectativas desses usuários.

A mesma preocupação deve ser mantida para a prestação de serviços, pois as solicitações dos usuários devem ser ouvidas, avaliadas e atendidas se pertinentes. Isso demonstra preocupação da empresa em satisfazer suas vontades e acaba aumentando a produtividade e melhorando o ambiente de trabalho.

Falta de planejamento ou planejamento incorreto

Para que um projeto seja bem sucedido, é importante realizar um planejamento prévio para determinar sua viabilidade técnica e financeira. Não planejar os custos do projeto e nem projetar o ROI (retorno do investimento) é apostar muito na sorte. Durante o planejamento o escopo macro será entendido, os riscos serão identificados, requisitos técnicos serão avaliados e os passos para o sucesso serão traçados. Com um planejamento adequado, a empresa terá maior assertividade em definir o prazo e custo do projeto.

Falta de definição e controle do escopo

O primeiro passo para começar um projeto é entender o que ele se propõe a resolver para ser possível ter visão do que será necessário para definir o escopo e para que as pessoas envolvidas tenham consciência dos riscos envolvidos, visão geral do trabalho e ferramentas necessárias. É importante ressaltar que mudanças de escopo acontecem independente da natureza do projeto ou serviço e a empresa deve saber como lidar com essas mudanças para avaliar o seu impacto. As mudanças nem sempre são um desejo do usuário e podem ser um resultado do contexto no qual a empresa está inserida: imagine o impacto de uma nova lei ambiental para uma empresa de mineração.

Não investir nos seus colaboradores

Um fator diretamente ligado à inovação é a capacidade técnica das pessoas. Empresas que investem na capacitação de seus profissionais demonstram consciência que eles são o recurso mais valioso e que são eles quem representam a marca da empresa para o cliente. Portanto, contar com profissionais com conhecimento técnico e especialistas em novas ferramentas torna-se fundamental para garantir a qualidade da prestação dos serviços e evitar que o profissional tenha uma visão limitada de sua área de conhecimento.

Não preocupar-se com segurança da Informação

É claro que os maiores recursos de qualquer empresa são as pessoas, contudo, não podemos deixar de lado a segurança da informação. Documentos físicos são cada vez menos comuns nas empresas e dados sigilosos ou confidenciais são comumente trocados por e-mail ou armazenados em sistemas e computadores. Logo, é necessário investir em softwares e hardwares que irão garantir que a informação da sua empresa está segura. Uma alternativa é o investimento que muitas empresas estão fazendo em computação na nuvem, reduzindo custos de infraestrutura, melhorando a escalabilidade dos seus produtos e também assegurando maior segurança.

Metas e indicadores mal definidos

É essencial definir metas e pontos de controle para monitorar a evolução das atividades do projeto e também para medir seus resultados. Essas metas não devem ser focadas exclusivamente na performance do departamento de TI e devem estar alinhadas com todos os departamentos da empresa, pois dependem um do outro e juntos devem ajudar a empresa a alcançar os objetivos estratégicos.

É evidente que existe muito trabalho a ser feito para aumentar as chances de sucesso na gestão de TI das empresas. Planos devem ser traçados, metas e indicadores definidos, a evolução deve ser acompanhada para corrigir desvios indesejados e investimentos são necessários. Continue acompanhando nosso blog e descubra Como evitar erros na gestão de TI e aprenda a melhor forma de combatê-los!

Junte-se a 7.100 leitores inteligentes e receba atualizações, artigos e dicas imperdíveis para ter sucesso na gestão de tecnologia ( é grátis! )