4 dicas infalíveis para fazer um bom planejamento estratégico em TI

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

4 dicas infalíveis para fazer um bom planejamento estratégico em TI

Todo setor de TI deve ter um planejamento estratégico para garantir que as suas políticas de governança tenham o efeito esperado e os erros na gestão de TI sejam raros. Esse processo, quando bem executado, pode colocar a área no centro das atividades da empresa, garantindo que gestores de TI mantenham uma infraestrutura eficaz, com alta performance e um bom nível de disponibilidade. Assim, a empresa pode ter uma rotina de trabalho mais inovadora e competitiva.

Para atingir esse objetivo, uma série de estratégias podem ser adotadas. Se você quer saber quais são as mais eficazes, veja na nossa lista de hoje como melhorar o seu planejamento estratégico de TI!

1. Defina um bom foco para cada processo

O direcionamento dos processos do setor de TI é uma atividade que possui um grande impacto na maneira como técnicos e gestores mantêm a infraestrutura. Ele afeta rotinas de backup, manutenção e recuperação de arquivos, sistemas e dispositivos. Diante disso, tal processo deve ser definido de maneira estratégica.

O gestor de TI precisa manter como prioritários os processos que possam impedir problemas em sistemas críticos. Além disso, alinhando objetivos com outros setores, será possível viabilizar rotinas com um foco maior em resultados, dando mais capacidade para o empreendimento atender às demandas de clientes e parceiros comerciais.

2. Tenha uma equipe engajada

Sem uma equipe engajada dificilmente o setor de TI consegue atingir as suas metas de médio e longo prazos. Diante disso, o gestor de TI deve investir em práticas que incentivem times a trabalharem com um grande foco em resultados e na busca constante por uma alta performance. Isso inclui o uso de feedbacks, reuniões para troca de conhecimentos e treinamentos focados em boas práticas operacionais.

3. Trabalhe lado a lado com outros setores

O planejamento estratégico torna-se realmente eficaz quando a área de TI passa a trabalhar lado a lado com outros setores, em busca de resultados. O alinhamento de processos deve ser feito de forma constante, garantindo que a infraestrutura de TI possa atender às demandas dos profissionais do negócio, tornando a sua rotina mais integrada e eficiente. Assim, a empresa passa a ter uma cadeia operacional de alta performance, inovadora e competitiva.

Para que esse objetivo possa ser atingido, o principal passo é criar canais de comunicação entre o setor de TI e outras áreas do negócio. Gestores devem criar estratégias em conjunto, compartilhando objetivos e definindo uma rota em comum. Isso permitirá que toda a equipe de técnicos e analistas mantenha uma infraestrutura de rede e sistemas corporativos capazes de tornar as rotinas de trabalho mais dinâmicas e eficazes.

4. Defina métricas em equipe

O uso de indicadores traz grandes benefícios para o planejamento estratégico do setor de TI. Por meio de métricas bem definidas, o gestor pode avaliar a eficiência de suas políticas de governança, identificar problemas e otimizar com mais precisão a sua rotina de trabalho.

Os indicadores de desempenho devem estar definidos de acordo com o perfil do setor e os objetivos a médio e longo prazos da equipe de TI. Isso permite que cada métrica tenha uma capacidade maior de servir como ferramenta de otimização de rotinas e melhora da performance. Como consequência, técnicos poderão trabalhar com um direcionamento de processos mais eficaz a médio e longo prazos.

O planejamento estratégico pode ter uma grande importância na maneira como a empresa define seus processos e práticas. Aproveite e saiba mais sobre como ele afeta a rotina do setor de TI acessando este post! Boa leitura!