Estratégia de TI: como é possível implantar a mobilidade?

Tempo de leitura: 3 minutos

Vivemos uma realidade em que já fomos libertados de fios e cabos: hoje, por meio de smartphones e tablets, é possível ter acesso às informações da empresa de qualquer local. Isso tem feito com que a criação de negócios ocorra de forma ágil e rápida.

É preciso, portanto, levar isso em consideração ao estruturar uma estratégia de TI, para que a empresa participe desse novo contexto em que as organizações estão inseridas. Nos tópicos a seguir, listamos uma série de ações que não podem ficar de fora de uma estratégia de TI focada na mobilidade. Siga conosco e confira!

Cloud computing

O cloud computing, ou computação em nuvem, é essencial para os negócios que desejam ter boas estratégias de TI com foco na modalidade. Afinal, com esse recurso é possível que documentos sejam armazenados em servidores virtuais e acessados em qualquer local.

Se, em uma visita a um cliente, por exemplo, um vendedor deseja acessar um catálogo de produtos que está na nuvem, ele poderá fazê-lo sem problemas. Da mesma forma, pode finalizar a venda pelo próprio software de gestão, tudo a distância.

Opensourcing

As estratégias de opensourcing são aquelas cujo código é aberto. Em outras palavras, os softwares utilizados pelas equipes de TI têm distribuição livre e código-fonte compartilhado. E o uso desse tipo de solução é muito relevante para a mobilidade, pois proporciona melhorias em sistemas que não foram desenvolvidos pela própria equipe interna das empresas.

BYOD

Bring Your Own Device (ou, simplesmente, BYOD) é uma política adotada por muitas empresas, na qual os funcionários utilizam seus próprios dispositivos para executar as atividades de trabalho. Quando bem gerenciado, esse método pode ser interessante para uma estratégia de TI com mobilidade, pois as informações estarão disponíveis com os responsáveis a qualquer momento — além de reduzir custos.

Big Data

A análise e interpretação de dados em grande volume, o chamado Big Data, é parte cada vez mais importante da TI de uma empresa. E, no caso de ações com mobilidade, deve-se garantir que o acesso a esses dados também seja ser feito a distância.

Quando o gestor deseja consultar os dados de um cliente, por exemplo, isso deve ser possibilitado pelos dispositivos móveis, e não apenas pelos computadores na sede da empresa. Caso contrário, o potencial de análise dessa ferramenta fica muito limitado.

Business Intelligence

A inteligência dos negócios é uma demanda atual do mercado e precisa, cada vez mais, de mobilidade. Afinal, os colaboradores já não tomam decisões apenas nas empresas, mas também em viagens, em reuniões fora da organização etc. É por isso que, ao desenvolver os recursos de TI da organização, é preciso pensar em meios para que todos estejam sempre disponíveis de qualquer lugar.

Enfim, essas são algumas das tendências que não podem ficar de fora de uma estratégia de TI. Agora que as conhece, não deixe nenhuma delas de fora do seu planejamento estratégico de tecnologia!

Gostou do nosso post? Nós, da Introduce, podemos ajudar nesse sentido, dando todo o suporte de que você necessita para planejar as ações de TI na sua empresa. Entre em contato conosco e saiba mais sobre os nossos serviços!