Git, GitHub e GitLab: o que são e qual quais os ambientes de produtividade da programação

Tempo de leitura: 2 minutos

Você sabe o que é Git, GitHub e GitLab? Trata-se de ferramentas muito úteis para os departamentos de TI e outras áreas das empresas que desenvolvem trabalhos simultâneos em um mesmo projeto.  Assim, eles facilitam processos de trabalho nas organizações, que conquistam mais agilidade na execução de algumas tarefas.

Quer ficar por dentro? Continue a leitura e conheça os conceitos de Git e Github, bem como as formas com que eles podem ser utilizados!

O que é Git?

O Git pode ser classificado como uma ferramenta de controle de versão de arquivos que tem o objetivo de facilitar o trabalho em equipe dentro de uma empresa. A ideia é que no desenvolvimento de um site, por exemplo, o redator que está escrevendo os textos possa trabalhar simultaneamente com o designer que está criando o layout, sem que um interfira no trabalho do outro.

Essa funcionalidade gera diversos benefícios para os desenvolvedores, como rapidez nos processos, mais autonomia para desenvolver o trabalho e facilidade nos processos de fusão entre diferentes versões de um mesmo arquivo.

O que é GitHub?

O GitHub, por sua vez, funciona como uma espécie de rede social para programadores e outros profissionais que atuam no desenvolvimento de sistemas. Ele tem diversas funcionalidades, como a possibilidade de ter followers e um feed com as novidades que são compartilhadas.

Além disso, o Github possibilita a hospedagem de projetos em nuvem e a criação de bibliotecas de projetos no formato open source (livre licenciamento), para que outros desenvolvedores possam utilizá-los.

De maneira geral, o Github oferece uma série de funcionalidades que vão além do Git, sendo que algumas delas são ofertadas gratuitamente. No entanto, há também recursos pagos e planos comerciais para quem quer ter acesso aos projetos com códigos privados.

O que é GitLab?

O GitLab é uma plataforma de gerenciamento e operações de software de ponta a ponta. Com ele, é possível controlar problemas e gerenciar códigos-fonte, monitoramento o andamento de tarefas por meio de listas e cards, automatizar processos como testes e publicação de aplicações, além da possibilidade de criar repositórios de código privados.

O GitLab têm um registro de conteiner integrado e também é integrado com o Kubernetes, proporcionando desenvolvimento nativo na nuvem, uma vez que utiliza a infraestrutura da Google Cloud Platform.

Como eles podem ser utilizados?

Tanto o Git quanto o GitHub quanto o GitLab são ferramentas que podem ser utilizadas no dia a dia de empresas de diversos setores e tamanhos, sobretudo nos processos que envolvem a tecnologia. Por meio delas, você otimiza o trabalho em equipe e conquista mais agilidade, produtividade e eficiência na execução das demandas.

 

E então, conseguiu entender o que é Git, Github e GitLab? Esperamos que nosso artigo tenha sido útil e esclarecedor para você. Agora, você está pronto para tirar máximo proveito dessas ferramentas!

Caso deseje receber mais materiais interessantes no seu e-mail, não deixe de assinar a nossa newsletter. Assim, poderemos enviar as nossas novidades sempre em primeira mão. Não perca essa oportunidade!