Liberar WiFi sem Risco

Tempo de leitura: 3 minutos

Muitos empresários ainda têm certo receio de disponibilizar WiFi para clientes, devido ao risco de invasões. Realmente, isso pode acontecer em qualquer rede pública — mas por que privar seus consumidores de uma experiência fantástica em seu estabelecimento por medo? Afinal, existem métodos que deixam a sua empresa liberar WiFi sem risco! Continue lendo o artigo e conheça-os.

Tenha uma senha de acesso para o roteador

Façamos uma simples analogia com as portas da sua casa. Digamos que você tenha duas — uma trancada, e outra não. Quem quiser invadir o seu lar irá verificar todas as entradas, e perceberá que uma delas não está protegida. É mais ou menos isso que ocorre caso você não crie uma senha para o seu roteador.

Afinal, mesmo que o invasor precise analisar todo o sistema do aparelho, derrubar as proteções e descriptografá-lo, ainda assim alguns ainda poderão conseguir se conectar a ele. O resultado? Sua senha de WiFi para clientes, assim como a senha interna, podem ser alteradas — o que irá impossibilitar o acesso, além de fornecer uma brecha para a visualização das informações internas.

Faça o cadastro dos clientes

Você sabia que, caso alguém cometa um crime através da sua rede de WiFi, sua empresa será responsabilizada pelos atos? Nesse cenário, é o dono do estabelecimento que será intimado e precisará ir à delegacia para falar sobre o acontecimento.

Isso ocorre porque a polícia tem acesso ao IP do infrator usado no momento do crime. No caso, se o meliante estiver utilizando a sua WiFi para clientes aberta, é o seu IP que será identificado — ou seja, tecnicamente, os atos ilícitos estarão associados ao seu nome! Mas a solução é fácil — com um simples cadastro você pode Liberar WiFi sem Risco para sua empresa.

Para fazer isso, você precisará de algum software, como o Cyber Café Pro, onde o seu freguês irá digitar seu CPF — que liberará o WiFi para seu uso. Assim, será possível detectar todas as ações dos consumidores enquanto estiverem usando a rede aberta, o que gerará provas que isentam a instituição de qualquer transtorno ou irregularidade.

Use um equipamento para duas redes

Existem alguns métodos que deixam a rede interna acessível apenas aos colaboradores, não a expondo aos visitantes, mas muitas delas são de difícil instalação ou exigem muito para serem administradas. Porém, atualmente existem aparelhos e softwares modernos que fazem essa divisão com bastante segurança!

Eles funcionam gerando duas redes totalmente separadas, onde uma é usada pelos funcionários/administrativo e outra pelos fregueses/visitantes (por meio do cadastro falado no tópico anterior). Nesse cadastramento, ainda é possível criar uma opção para que a pessoa curta automaticamente a sua fanpage no Facebook. Este processo traz uma segurança digital muito maior para sua empresa.

Quer mais? Esse serviço de WiFi para clientes ainda pode te auxiliar no marketing! Com ferramentas para visualizando do tráfego, você pode observar tendências entre o seu público e elaborar ações direcionadas a ele. Além disso, também pode-se instalar controles de acesso para incrementar a proteção do seu estabelecimento.

E então, entendeu como a liberação do WiFi para clientes pode ser bastante segura? Para receber mais dicas e informações do universo da TI, assine a nossa newsletter e fique por dentro de todo o nosso conteúdo!

Junte-se a 7.100 leitores inteligentes e receba atualizações, artigos e dicas imperdíveis para ter sucesso na gestão de tecnologia ( é grátis! )