O que é Blockchain e por que ele está substituindo o banco de dados?

Tempo de leitura: 3 minutos

Até pouco tempo, somente as pessoas interessadas em moedas digitais (Bitcoin, por exemplo) pesquisavam sobre o que é Blockchain. Isso vem mudando significativamente, pois uma variedade grande de empresas têm se interessado pelo poder transformador dessa tecnologia.

Neste artigo, vamos apresentar o conceito e também como ele vem substituindo o tradicional banco de dados. Continue lendo para entender o Blockchain e que benefícios ele pode trazer para o seu negócio!

O que é Blockchain?

Para começarmos a entender o que é Blockchain, podemos recorrer ao conceito publicado no glossário de TI da Gartner:

“um tipo de ledger distribuído no qual as transações de troca de valor (em Bitcoin ou outro token) são agrupadas sequencialmente em blocos. Cada bloco é encadeado ao bloco anterior e imutavelmente gravado em uma rede do tipo peer-to-peer [ponto a ponto], usando mecanismos de confiança e garantia criptográficos. Dependendo da implementação, as transações podem incluir um comportamento programável”.

Mas essa é uma definição para quem já está ambientado ao assunto. É preciso simplificá-la. Na prática, estamos falando de uma tecnologia de contabilidade distribuída.

É como um banco de dados distribuído, que milhões de computadores (geralmente chamados de nós) em todo o mundo têm acesso e estão constantemente atualizando.

Em um relatório recente, o governo britânico disse que as soluções de contabilidade distribuída, como Blockchain, têm o potencial para:

“ajudar os governos a coletar impostos, entregar benefícios, emitir passaportes, registrar registros de terras, assegurar a cadeia de fornecimento de bens e serviços e geralmente garantir a integridade dos registros e serviços do governo”.

Por aí vemos o potencial dessa tecnologia!

Como o Blockchain funciona?

Todos os dados colocados no Blockchain devem ser verificados. As transações são agrupadas em blocos, daí o nome ‘blockchain’, então verificados pelos computadores (nós) da rede.

Quando um computador ingressa na rede como um nó, ele recebe uma cópia do Blockchain, que atua como prova de todas as transações que foram realizadas.

Isso significa que todos os dados armazenados na rede são transparentes — é público por padrão. Isso também significa que todos os dados na rede não podem ser corrompidos ou excluídos.

No entanto é interessante se atentar para o fato de que ninguém, além do próprio usuário, pode ver quem está fazendo a transação.

Por exemplo, no caso do Bitcoin, o público pode ver que alguém está enviando uma quantia para outra pessoa, mas não há informações vinculando a transação a ninguém. Isso ocorre porque as chaves públicas que vinculam a transação são mantidas anônimas.

Além disso, o Blockchain é impossível de ser hackeado porque não tem um sistema centralizado. Em vez disso, ele é hospedado por milhões de nós em todo o mundo, em vez de estar em um lugar central.

Quais os principais benefícios do Blockchain para as empresas?

Com esses predicados, inúmeros especialistas apontam para uma crescente substituição dos tradicionais bancos de dados por soluções de Blockchain.

Para entender porque isso acontece, confira a seguir os principais benefícios dessa tecnologia para os negócios:

  • mais transparência nas transações;
  • redução do número de intermediários;
  • transações mais rápidas;
  • retornos sobre o investimento mais rápidos;
  • mais segurança da informação (dados 100% criptografados).

Em suma, a tecnologia digital é bastante recente e tem potencial para oferecer vantagens significativas às empresas. É importante acompanhar a evolução dela no mercado.

Que tal, você entendeu o que é Blockchain? Gostou das informações que trouxemos no post? Deixe seu comentário!