O que é ROI? Entenda a influência dos resultados nos projetos de TI

Tempo de leitura: 4 minutos

O que é ROI? Entenda a influência dos resultados nos projetos de TI

Não é possível falar sobre o que é ROI sem pensar no atual momento de dinamismo e constante mudança no qual o mundo corporativo está inserido. Com mais meios de mensurar resultados, todos os departamentos das empresas precisam constantemente justificar investimentos e mostrar seus avanços.

É o caso da área de TI, que assumiu nos últimos anos um grande protagonismo. Muitas vezes, é necessário apresentar retornos em tempo real. O desafio é tangibilizar serviços que nem sempre são facilmente entendidos pelo corpo executivo.

Neste artigo, além de detalhar a influência do ROI em projetos de tecnologia, vamos mostrar como fazer o cálculo que facilita a análise dos retornos sobre o que é investido na área. Confira!

O que é ROI e qual sua importância para as empresas?

Do inglês Return on Investiment (retorno sobre investimento, em português) o ROI é uma medida de desempenho, usada para avaliar a eficiência de uma aplicação ou comparar a eficácia de várias aplicações  — financeiras, sobretudo.

A Gartner, maior empresa de pesquisas em TI no mundo, resume o ROI como “ganho financeiro expresso como porcentagem dos recursos investidos para gerá-lo”. Em outras palavras, o ROI mede a quantidade de retorno de um investimento, em relação ao seu custo — demonstra o ganho incremental de uma operação de negócios dividido pelo seu custo.

A importância dessa métrica é perceptível na medida em que ela mede a eficiência com que as empresas estão usando seus recursos disponíveis. É fundamental para as organizações em geral, embora seja historicamente mais utilizada pelas grandes corporações, que precisam satisfazer e prestar contas a acionistas, por exemplo.

Nos últimos anos, empresas de todos os portes e em todos os segmentos têm utilizado o ROI para descobrir o que está funcionando e o que não está. Isso em termos globais, mas também no nível dos projetos e planos de ação.

Como o ROI influencia os projetos de TI?

Apesar de mais conhecido e usado pelas áreas de marketing e comunicação, o ROI oferece uma enorme alavancagem e diversos benefícios do chamado business case para justificar iniciativas tecnológicas. Como atualmente os executivos estão profundamente interessados na tangibilidade dos investimentos, ele se torna fundamental quando se trata de projetos de TI.

Ao implementar uma estratégia de segurança da informação, por exemplo, os gestores de TI devem dimensionar quais retornos a empresa vai obter ao implementar soluções de antivírus, monitoramento de redes etc. Eles precisam de métricas e indicadores que demonstrem esses resultados de uma maneira palpável.

O primeiro passo para justificar o valor desse tipo de projeto de TI é realizar uma análise de ROI. Para isso, são avaliados os diversos custos, os avanços, os benefícios e também os riscos. Tudo isso precisa estar em perfeita consonância com os direcionamentos estratégicos do negócio.

Como calcular o ROI dos seus projetos de TI?

Vejamos, agora, uma maneira simples de calcular o ROI em um projeto de TI. A fórmula básica para determiná-lo é:

Lembre-se que a renda obtida pode ser o montante de dinheiro recebido pela entrega de um projeto. Nos casos em que acontece a entrega de um produto ou serviço, também pode ser um valor de economia alcançada com o projeto.

Uma empresa que implementa uma solução na nuvem para uso interno, por exemplo, poderá economizar muito dinheiro em comparação aos seus antigos sistemas mantidos na infraestrutura interna. Isso deve ser contado como um ativo.

Como você viu, o ROI é uma métrica muito importante para os gestores de TI, já que pode ajudá-los a atingir uma atuação mais analítica e estratégica. Também pode ajudar a promover a inovação, na medida em que deixa o dimensionamento dos resultados muito mais simples.

Entendeu o que é ROI e como ele pode ser útil nos projetos de TI? Se você auxilia a na direção do negócio na tomada de decisões geradoras de resultado temos  mais uma reflexão com muito conteúdo para você.
Para receber mais artigos como este em primeira mão na sua caixa de e-mail, assine agora mesmo a nossa newsletter!