Tecnologia de negócios: como transformar o TI da empresa para era TN

Tempo de leitura: 4 minutos

Estamos vivendo na era da TN, a Tecnologia de Negócios, em que a TI não é mais apenas uma área de apoio para os outros setores ou tendência, mas sim um recurso estratégico para a coleta, armazenamento e processamento de informações essenciais para o negócio.

Neste post, vamos conceituar o que é a Tecnologia de Negócios, as principais características desse novo termo e algumas dicas para auxiliar você a introduzir a transformação de seu setor de TI atual para a TN. Confira!

Tecnologia de Negócios

Esse é um termo relativamente novo. No entanto, seu conceito já havia sido previsto pelos entusiastas da tecnologia há muito tempo. Hoje o TI vem ganhando uma importância cada vez maior dentro das organizações e com isso é tido como um recurso estratégico.

A tecnologia de negócios é a nova fase da TI dentro das empresas, na qual deixa de apenas prover ferramentas de apoio a outras áreas, mas se torna um setor chave para o desenvolvimento das operações do negócio.

O foco dos recursos tecnológicos deixa de ser os próprios sistemas, hardwares e demais recursos de tecnologia para se tornar o próprio negócio desenvolvido pela empresa.

Características

A principal característica dessa nova visão sobre o setor de TI é a sua responsabilidade de, por meio de seus recursos, aumentar e melhorar os resultados obtidos pelo negócio, minimizando custos.

Outro atributo dessa nova fase da TI dentro das empresas é o fato de que o setor não deve mais ser visto como o detentor das tecnologias, mas sim como um provedor de serviços que trabalha para o desenvolvimento de todos os setores.

Dicas para o desenvolvimento da tecnologia de negócio

A integração entre a tecnologia da informação voltada aos negócios com as demais áreas da empresa pode revolucionar positivamente toda a gestão. É possível transformar o seu setor de TI com o auxílio de algumas dicas:

Aproximar o setor de TI dos negócios

A área de TI é vista pelos demais colaboradores da empresa como um setor à parte, que não participa diretamente nem influencia as decisões de negócio realizadas no dia a dia.

Ou seja, para as outras áreas, o TI é apenas um apoiador na manutenção das operações. O primeiro passo é desmistificar essa máxima e demonstrar a importância da tecnologia da informação dentro da empresa. Busque um alinhamento da TI  com a direção da sua empresa, com os usuários chave e com o o CEO.

Investir em Cloud Computing

As tecnologias cloud vieram para ficar — e com elas chegou também uma enorme gama de possibilidades. Existem diversas soluções em nuvem que podem ser utilizadas para auxiliar na gestão de negócios da empresa.

É preciso incutir em sua equipe de TI a importância da busca de ferramentas baseadas em cloud computing com o intuito de manter todas as soluções escaláveis e permitir a conexão entre as diferentes ferramentas utilizadas na empresa. Lembre dos cálculos de Capex e Opex no processo de avaliação.

Treinamento da equipe de TI

Um fato prejudicial dentro das equipes de TI é que nem todos os colaboradores do setor conhecem o negócio desenvolvido pela empresa. Como a área sempre foi vista apenas como um apoio, a maioria dos gestores não se importa com treinar os colaboradores da tecnologia para entender do negócio.

Contudo, os analistas de TI não poderão identificar as melhores soluções disponíveis no mercado para as demandas da empresa sem o conhecimento básico acerca do negócio. Por isso, é preciso treinar seus colaboradores nas atividades operacionais, fazer programas de repasse de conhecimento entre setores, fazer abordagens da gestão para a TI explicando o negócio, incluindo até dores, dificuldades que existem em faze-lo continuo ou crescer.

Integração de dados

Muitas empresas têm a facilidade para a coleta e armazenamento de dados, porém falham na hora de integrar e compreender todas as informações que são colhidas por seus sistemas.

Investir em sistemas em nuvem é o primeiro passo para melhorar esse aspecto. O segundo é garantir as integrações dos dados gerados por cada um deles — isso auxilia o gestor em uma visão geral sobre toda a empresa e identificação de riscos e oportunidades. E em terceiro, invista cada vez mais na ciência dos dados. Saber processar e usar as informações coletadas será o seu próximo recurso competitivo.

Esperamos que ao finalizar a leitura deste post você possa ter compreendido um pouco mais acerca da Tecnologia de Negócios e como ela está exigindo um novo posicionamento da TI e levando as empresas a um próximo nível em desenvolvimento tecnológico.

Ficou curioso? Quer saber mais? Então leia agora o post que preparamos sobre a nova era da tecnologia de negócios!