4 características essenciais em um wireless corporativo. Conheça!

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

A infraestrutura de rede de uma empresa é parte fundamental dos serviços do negócio. Por meio dela, funcionários se comunicam, trocam arquivos e acessam sistemas de computação na nuvem. Diante de um cenário em que dispositivos móveis já estão integrados às rotinas empresariais, o wireless corporativo está ganhando destaque, sendo um dos principais meios de acesso à internet nos ambientes de várias companhias.

Para que isso seja feito com qualidade, a empresa deve contar com um conjunto de técnicas e estratégias que otimizam o funcionamento de dispositivos e garantem uma conexão estável e de alta velocidade. Assim, funcionários poderão se conectar ao wireless corporativo a qualquer momento, tendo rapidamente acesso aos principais serviços de rede do empreendimento.

Quer saber como isso pode ser feito? Listamos as principais características de um wireless corporativo de alta performance. Confira!

1. Velocidade em movimento

Redes públicas contam com um grave problema. Por permitirem o acesso a qualquer dispositivo, usuários mal intencionados podem utilizar programas para captura e visualização de dados sem que outras pessoas tenham conhecimento. Esse tipo de técnica, chamada de man in the middle, é uma das principais maneiras de roubar informações de terceiros em Wi-Fis públicos.

Para evitar que aparelhos desconhecidos tenham acesso ao wireless corporativo, a empresa pode configurar um filtro de MAC address. O MAC address funciona como a digital de cada aparelho capaz de se conectar a uma rede de dados, sendo ele um número hexadecimal único para toda placa de rede fabricada no mundo. Garantindo que apenas aparelhos conhecidos tenham acesso ao wireless corporativo, o negócio reduz drasticamente o número de intrusos na rede.

2. Wireless com capacidade de conexão

O firewall é um dispositivo ou software que monitora conexões de rede e bloqueia tentativas de acesso a sites e serviços com baixo nível de confiabilidade. Ele também é responsável por rastrear requisições inseguras vindas de agentes externos, impedindo que outros usuários se conectem a recursos da rede corporativa. Diante disso, a sua correta configuração é crucial para garantir a confiabilidade da rede da empresa.

Gestores podem configurar o firewall diretamente nos dispositivos de acesso a rede (como roteadores e modems), no sistema operacional do usuário ou por meio de um equipamento próprio. Em todo caso, serviços críticos devem estar entre as exceções do sistema e sites com ameaças conhecidas na lista negra. Assim, as chances de o usuário acessar uma página ou serviço inseguro são reduzidas.

3. SSIDS para organizar as redes

O wireless corporativo, como qualquer rede sem fio, pode ter o nível de latência ampliado facilmente. Essa rede é suscetível a interferências diversas, então o gestor responsável pela rede deve utilizar técnicas para tornar o sinal mais forte e, consequentemente, com um nível de latência reduzido. Assim, o nível de perda de pacotes de dados sempre será o menor possível.

Uma das formas mais simples de conseguir criar uma rede sem fio de baixa latência é distribuindo pontos de acesso em todos os locais onde o sinal é enfraquecido por fatores externos. Eles vão replicar o sinal do wireless corporativo, diminuindo a sua atenuação natural. A empresa terá, então, uma rede de alta qualidade mesmo nos locais de difícil acesso.

4. Wireless corporativo com alta velocidade

Uma rede de wireless corporativo pode ter um bom sinal e alto nível de segurança. No entanto, caso os seus usuários não tenham uma conexão de alta velocidade, todo o investimento da empresa pode ser considerado em vão. Um bom wireless corporativo deve ser veloz, permitindo que o acesso a serviços de rede como aplicativos na nuvem seja feito com agilidade, assim como a troca de dados entre dispositivos de rede.

Para atingir esse objetivo, a empresa pode investir em tecnologias como a fibra óptica e roteadores de 5 GHz. Essas duas soluções são caracterizadas pela alta capacidade de transmitir dados. Dessa forma, a empresa poderá disponibilizar para seus profissionais uma conexão com suporte a serviços que fazem uso intensivo da rede.

Quer otimizar os seus recursos de rede e ter uma política de gestão de TI mais eficaz? Então, entre em contato com um de nossos especialistas!