10 diferenças fundamentais entre o Google Workspace e Office 365

Tempo de leitura: 6 minutos

Não tem jeito: se você é ávido por novidades tecnológicas e sempre está em busca por opções de ferramentas que facilitem e organizem a sua rotina de trabalho, com certeza já se pegou pensando sobre qual caminho escolher. É melhor ir para o Office 365 ou Google Workspace?

Muito mais do que duas gigantes da tecnologia, as empresas criaram plataformas diferentes para agregar valor à vida de pessoas que precisam de ferramentas práticas e acessíveis — para fins acadêmicos ou profissionais.

É visível a diferença entre as duas marcas ao se colocarem à sua disposição para oferecer ferramentas práticas, acessíveis, seguras e personalizadas para o seu uso pessoal.

Afinal, ambas possuem expertise o suficiente para transitarem por suas criações com a garantia de serem práticas, e acreditam oferecer os melhores serviços.

E, é claro, quem sai ganhando é você! Interessado? Ficou com ainda mais dúvidas? 

Continue lendo este texto e veja agora as 10 principais diferenças entre as criações das duas empresas e faça a sua escolha a seguir.

1. A diferença no visual

Em primeiro lugar, as ferramentas que ambas as empresas apresentam possuem semelhanças e diferenças. 

As semelhanças, em muitos casos, estão na forma de utilizá-las. Como a Microsoft lançou suas ferramentas há anos, o template apresentado pela empresa é o mais familiar, o que é uma vantagem na hora da escolha.

Esse template é amigável e as pessoas já estão habituadas com as funcionalidades, que se assemelham a inteligência de aprendizado já aplicada na fabulosa barra de pesquisa e nos sistemas Android.

2. Instalação facilitada e uso mais prático

Enquanto a Microsoft permite que suas ferramentas sejam instaladas em diferentes plataformas (a partir da versão Business Premium), como computadores, notebooks, tablets e smartphones, o Google tem em seus aplicativos utilizados por meio de seu navegador, o Chrome.

O resultado disso é a praticidade, de acordo com as suas necessidades.

Você utiliza a internet constantemente como ferramenta de trabalho? A Google está preparada para isso. 

Quer maior alcance dos aplicativos e ter resultados que não precisem, necessariamente, da web? Microsoft.

De toda forma, entenda que os diferentes mecanismos transitam facilmente entre seus respectivos apreciadores e que podem ir além da questão do online vs offline.

3. Online e offline: qual é o melhor para você?

Além da diferenciação no visual e na instalação, os usuários das ferramentas da Google podem utilizá-las online, inserindo todo o conteúdo na nuvem — o que permite o armazenamento de acordo com o que as tendências predizem. 

Já a Microsoft também permite o armazenamento em meios físicos além da nuvem.

A nuvem, aliás, é um dos pontos decisivos para quem busca fácil acesso de diferentes lugares do mundo, não necessitando de meios físicos para armazenar ou sequer a presença de quem precisa compartilhar: a internet facilita isso.

4. Intuitividade versus processualidade

Enquanto a Google permite que tarefas simples, como a criação de pastas e a movimentação de arquivos, sejam feitas de forma intuitiva. Um clique no botão direito dentro do drive e a pasta pode ser criada. A Microsoft preza por seguir processos para a realização desse tipo de tarefa, em especial quando há a necessidade da utilização do SharePoint. 

5. O preço faz toda a diferença!

Tendo em vista que há apenas quatro configurações de pacotes disponíveis no Google Workspace — enquanto a Microsoft office 365 possui seis, algo que pode confundir na avaliação e comparação.

De fato, o preço costuma ser o grande diferencial, pois é possível adquirir ambos os instrumentos de acordo com o tamanho da empresa. 

Nesse quesito, a Microsoft oferece maior versatilidade por possuir vários planos, porém, pode sair mais caro que seu concorrente conforme as necessidades específicas da empresa em relação ao produto. 

6. Complexidade de uso deixa as ferramentas bem diferentes entre si!

No geral, as ferramentas da Google são ótimas para empresas — em especial as de tecnologia — por permitirem rápida percepção do seu conteúdo. 

E os aplicativos são mais colaborativos, o que amplia a facilidade a mais pessoas.

Por outro lado, as ferramentas da Microsoft são mais familiares, permitindo rápido conhecimento evolutivo. A exemplo disso estão as suas planilhas, que possuem fórmulas elaboradas e permitem maiores usos de acordo com a complexidade requisitada.

7. Familiaridade e facilidade

Se você é usuário de Word, PowerPoint e Excel, com certeza estará apto a ter muito mais tarefas disponíveis de serem realizadas nestes aplicativos da Microsoft. 

Ao contrário dos produtos similares da Google, que são mais intuitivos, porém apresentam limitações em seu uso, quando comparados com a Microsoft.

De fato, isso garante maior credibilidade à Microsoft. Aliás, vale lembrar que a diferença de tempo entre a expertise das duas é maior do que dez anos!

8. O perfil exato de quem precisa de recursos: Google Workspace ou Office 365

Está difícil definir qual é a melhor ferramenta? Eis mais um diferencial: os recursos oferecidos por uma e por outra costumam ser o que mais atraem seus respectivos fãs. 

Portanto, faça o teste, baseado em algumas premissas como suporte, acesso, disponibilidade de informação, formas de pagamento, ROI e encontre a melhor para a sua empresa.

9. Gmail versus Outlook

O Gmail disponibiliza o espaço de 15 GB para cada usuário, podendo chegar até 5 TB em alguns planos. Um ponto de atenção é que o Google Workspace considera o espaço disponível de armazenamento também para os e-mails e arquivos no Drive. 

Assim, se você ocupar 1 GB no e-mail e 2 GB no Drive terá ocupado um total de 3 GB dos 15 GB disponibilizados inicialmente. Vale ressaltar que os arquivos do Drive como documentos, planilhas e apresentações que foram criados utilizando o Google Workspace não entram nessa conta.

Enquanto isso, o Outlook conhecido como e-mail da Microsoft disponibiliza 50 GB de armazenamento por usuário e 15 GB de armazenamento de usuário para a versão gratuita. A diferença entre o Google é que esse espaço de armazenamento é contabilizado separadamente entre e-mails e arquivos.

10. O resultado do embate: a diferença está no seu perfil

Enfim, como você pode perceber, não há favorito fácil para a vitória nesse comparativo, pois as diferenças de uma podem ser complementos à outra, e vice-versa. Dessa forma, o que você precisará colocar em jogo é o seu perfil, ou da sua empresa.

Se você busca pela familiaridade e versatilidade, a Microsoft, com seu Office 365 poderá te oferecer recursos mais impressionantes; por outro lado, se você busca por praticidade e modernidade, a Google Workspace tem o que você precisa.

E aí, gostou do post? Restou alguma dúvida? Fale com nossos especialistas e venha para nuvem com a Introduce!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.