Case de sucesso da Criativando é pauta da Talk Introduce #35

Tempo de leitura: 3 minutos

Sabe o que significa ser um tubarão? Mergulhe em águas profundas na Talk Introduce #35 com Jonathan Tebaldi, diretor da Criativando – Decoração Personalizada, que participou do Shark Tank e conquistou o apoio e as lágrimas do público, investidores com sua história.

Acompanhe esta Talk imperdível que explorará os movimentos que transformaram uma gráfica tradicional em plataforma de decoração, trazendo provocações e insights sobre inovação, pivotagem, processos, pessoas e tecnologias e muito mais.

Acompanhe também a Talk Introduce #34 sobre Educação Corporativa na era digital

Principais Insights

Compartilhando a gente aprende mais do que ensina – Tebaldi

Eu precisei ter uma curva de aprendizado muito grande e muito rápida para poder entender que eu deixava de ser o cara que fazia rifa para uma cidade de 9.000 habitantes, mas que eu era o cara numa cidade de 9.000 habitantes criando uma empresa que pode se tornar global. – Tebaldi

Aceitar a mudança. – Tebaldi

Nosso primeiro erro foi fazer a Criativando para nós e não para nossos clientes. – Tebaldi

A primeira coisa que a gente aprendeu é que: quando precisamos fazer um produto, não podemos fazer para nós (empresa/empreendedores). – Tebaldi

Eu não ganho pra fazer corrida, eu ganho por m². Quanto mais tempo eu estiver projetando, mais eu ganho. Quanto mais tempo eu estiver correndo de loja em loja, menos eu ganho. – Tebaldi

O papel de parede existe há centenas de milhares de anos, mas até hoje ninguém fez uma inovação relacionada a ele. – Tebaldi

Qual é o nosso produto? Qual é a quebra de paradigma que a gente vai fazer aqui? – Tebaldi

Produção descentralizada: modelo de franquias da Criativando

A primeira coisa que fazemos é observar nosso cliente e nos perguntarmos: porque e se. O que me move é o porquê e o se. […] Porque o cliente tá comprando daquela loja? Porque o cliente tá comprando do meu concorrente? Porque o meu concorrente está fazendo isso? […] E aí a gente entra no “e se..”. E se fosse assim? E se fosse dessa forma? – Tebaldi

O porquê e o se fazem com que a gente se pergunte muitas coisas. […] E então a gente vai para o como: como a gente faz? – Tebaldi

Eis como se cria um produto: observação de mercado, cliente, necessidade, dores. – Esdras

Nada dura pra sempre e se a gente ficar esperando que tudo dure, não vai acontecer e alguém vai chegar e fazer alguma coisa que a gente não fez. – Tebaldi

Tu não copia o ruim, tu copia o bom. Logo, se você está me copiando, eu sou o líder que você quer seguir. – Tebaldi

De ideias o cemitério tá cheio, todo mundo tem ideias. Mas é a pessoa que “vai lá e faz” que é a diferença. – Tebaldi

Matchmaker

Esse projeto das franquias (da Criativando) a gente já tinha anteriormente por causa de dois problemas que temos no Brasil: substituição tributária e frete. – Tebaldi

Dica do Tebaldi: Não contrate amigos/melhores amigos (vai dar ruim)

A comunicação é muito importante e deve ser, de certa forma, auditada, principalmente, para saber como o cliente está sendo tratado. – Tebaldi

Primeira coisa que temos que pensar quando vamos empreender é: não se pode sair pensando em dinheiro. Se tu já sai pensando em grana, tu já começou errado. – Tebaldi

A televisão é efêmera. – Camila Farani

É mais fácil crescer de mãos dadas do que um por cima do outro. – Tebaldi

Dinheiro não é o centro do negócio. O centro do negócio é poder fazer coisas e gerar impacto. – Tebaldi

Eu tenho três coisas na minha vida: o meu nome, a minha palavra e as minhas filhas. – Tebaldi

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.