Como atrair e engajar o público pela publicidade com a sua marca – TI #31

Tempo de leitura: 3 minutos

Estudos mostram que um usuário médio toca ou interage com seu smartphone 2.617 vezes por dia e gasta cerca de 315 minutos nele.
Isso significa que, na era digital, a interação entre usuário-dispositivo é um mar de oportunidades para a Publicidade Sensorial que divulga negócios através de anúncios que exigem participação ativa do consumidor.

Para falar mais sobre esse tema convidamos para a 31ª Talk Introduce, Jonathan Tessaro, responsável pela área de Operações da Adludio, e Margarida Galafassi responsável pelo Desenvolvimento de Negócios da Adludio, para falar sobre “Como atrair e engajar o público pela publicidade com a sua marca” abordando questões como a publicidade sensorial, Ad tech – engajamento na publicidade, mídia programática, e muito mais.

Acompanhe também a Talk Introduce #30 sobre Como pequenos negócios podem atravessar a crise?

Principais Insights

Mídia programática: quando a compra de mídia é feita por um software, sem contato com terceiros. Os dados gerados pela mídia programática permitem criar anúncios muito segmentados e específicos para os públicos de acordo com seu perfil e momento dentro da jornada de compra.

Dados determinísticos: dados fornecidos pelos clientes que o caracterizam de maneira específica

Dados probabilísticos: suposições sobre os usuários fornecidas pelas informações armazenadas pelos cookies dos sites

Geo-fence: campanhas geolocalizadas com foco em um local muito específico

“A gente vê o quanto o fato de interagir com o criativo gera mais cliques” – Jonathan Tessaro

CTR (click-through-rate): índice de pessoas que clicaram/ número de pessoas que viram a propaganda

“Como temos a gerência da campanha e do criativo […] há controle de otimização em tudo.” – Jonathan Tessaro

“O aplicativo é um time saver em geral com anúncios pop-up […]. O aplicativo é algo que usamos para encurtar um caminho.” – Jonathan Tessaro

“A web é um time killer, pois você está consumindo um conteúdo com mais calma, mais tempo.” – Jonathan Tessaro

“Podemos ter múltiplas estratégias dentro de uma mesma campanha.” – Jonathan Tessaro

DMPs: data management platforms = plataformas para gerenciamento e manuseio de dados.

“Todo esse processo tem tecnologia por trás […] é data driven. […] está o tempo inteiro olhando dados. A tecnologia está aprendendo esse processo o tempo inteiro.” – Margarida Galafassi

“Na propaganda, antigamente, […] para fazer uma segmentação olhávamos muito o público, mas era tudo muito ‘duro’, não sabíamos se iria dar certo ou não; no final da campanha não sabíamos de tinha dado certo ou não. […] Agora, conseguimos cortar por perfil, monitorar e ter esse aprendizado o tempo inteiro.” – Margarida Galafassi

“A lógica da programática é chegar na pessoa certa, no local certo”. – Jonathan Tessaro

Perfil do consumidor atual: exigente, interativo, curioso e independente

“Para chegar no consumidor atual, (o anúncio) tem que ser algo muito relevante para e ele e que tenha uma criatividade que une a entrega precisa com a qualidade do criativo.” – Jonathan Tessaro

“O perfil do consumidor atual está alinhado com a rich media (mídia rica) interativa e com a publicidade programática.” – Jonathan Tessaro

“Não é só quem compra (a mídia), quem distribui também que
tem que aprender.” – Margarida Galafassi

“Quando tu fala em data driven, é só comportamento” – Margarida Galafassi

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.