Como PMEs e autônomos podem se valer do Digital para crescer nesse momento?

Tempo de leitura: 9 minutos

A atual situação de pandemia no mundo colocou a gestão das empresas à prova e estabeleceu uma situação bastante caótica tanto para as corporações quanto para os clientes. Nesse turbilhão de acontecimentos, muitos empreendedores autônomos e PMEs estão passando por situações complexas, principalmente em relação à necessidade abrupta de migração para o mundo digital.

A Introduce entende que saber é poder e que nesse momento tão delicado devemos colaborar para contornar essa crise, portanto, nossa #açãoparatransformar esse momento é um guia completo com ferramentas, tecnologias e dicas para que PMEs e autônomos possam usar o digital a seu favor e se recuperar da crise. 

Continue a leitura e entenda como isso é possível!
E se preferir no formato vídeo também temos um uma live com a Fernanda Lazzari | Marketing que foi ao ar no dia 22 de julho.

A importância da mobilidade

Uma das palavras que ganhou mais notoriedade e força no contexto da evolução tecnológica é a mobilidade, principalmente com a evolução da internet – que se torna cada vez mais rápida – e dos dispositivos móveis – cada vez mais portáteis e repletos de funcionalidades. De fato, um estudo chamado “Digital 2019”, promovido pelas empresas We Are Social e Hootsuite, mostrou que os brasileiros passam 4h 45 minutos por dia na internet em seus dispositivos móveis, o que representa mais de 50% de todo o tempo gasto on-line no período de um dia. 

Assim, hoje podemos dizer que vivemos diariamente uma Jornada da Mobilidade, que começa, transcorre e termina a partir de nosso dispositivo móvel – geralmente o smartphone e, em tempos de crise, nosso dispositivo mobile (smartphone, tablet, wearables, etc) é uma ferramenta poderosíssima para auxiliar pequenos empresas e empreendedores autônomos a continuar atendendo seus clientes com muito mais velocidade, praticidade, mobilidade e custos menores. 

É possível ter na palma da mão a agenda de compromissos, telefones, emails, documentos importantes da empresa, informações sobre serviços, feedbacks de clientes, dados de colaboradores, fornecedores, consumidores, orçamentos, projetos e muito mais através de plataformas em nuvem como o Google G Suite ou o Microsoft Teams – que,além de mobilidade, promovem a colaboração na equipe – que apresentam funcionalidades muito úteis como:

  • Email
  • Agenda/ Calendário
  • Editor de documentos, planilhas e apresentações
  • Chat e videochamada
  • Armazenamento de arquivos

Tudo isso com segurança tanto para a empresa quanto para os clientes, pois estas plataformas estão em conformidade com todas as legislações e normas sobre proteção de dados e segurança da informação vigentes.

Mindset digital no atendimento ao cliente

Agora que falamos sobre a importância e o impacto da mobilidade e como as tecnologias impulsionam ela devemos entender que, para atravessar essa crise e manter os negócios funcionando, é preciso muito mais do que apenas tecnologia. É preciso reinventar-se dentro da mentalidade e da cultura dinâmica e hiperconectada da era digital.

O relatório “Digital 2019” da We Are Digital e Hootsuit mostra que 89% dos usuários brasileiros de internet pesquisaram algum produto ou serviço online, 90% visitaram uma loja online e 69% compraram algum produto ou serviço online. Ou seja, se antes os consumidores se mostravam cada vez mais dinâmicos, poderosos e adeptos às compras online, agora, com as restrições físicas, a jornada de consumo passa a ser inteiramente digital. 

Nesse sentido, os negócios precisam revisar suas tecnologias, revisitar processos operacionais e analisar a cultura organizacional, pensando em moldar essa estrutura novamente com base nos pilares de inovação contínua, agilidade, uso de dados, priorização do mobile, segurança da informação e melhor experiência do cliente dentro do contexto do digital. 

Embora o cerne da Transformação Digital seja a mudança de atitude, operação e mentalidade dentro das empresas  é necessário entender como a tecnologia pode apoiar nessa jornada e aprimorar todos os processos internos, garantindo que o cliente tenha uma ótima experiência desde a busca pela loja, até o pós-venda. Nesse sentido, muitas ferramentas podem auxiliar, mas as redes sociais são canais essenciais para se trabalhar e auxiliam as empresas tanto para o posicionamento no mercado e atração e engajamento de clientes, quanto para ser efetivamente um canal de vendas. Isso porque, segundo o “Digital 2019” 81% dos usuários brasileiros de internet com 13 anos ou mais estão ativos nas redes sociais.

Para auxiliar nessa jornada, selecionamos algumas ferramentas, separadas por categoria, que podem te ajudar a migrar para o digital e superar a crise:

Processos internos:

  • Google G Suite: suite de aplicativos corporativos para colaboração e produtividade com segurança. Possui funcionalidades de: email, armazenamento de arquivos em nuvem através do Google Drive, Chat e Meets para reuniões, criação, edição e compartilhamento de planilhas, documentos e apresentações, bloco de notas compartilhável e muito mais. Possui versões Basic (gratuita, porém limitada), Business e Enterprise (ambas pagas), de acordo com a necessidade da empresa.
  • Trello: aplicativo de organização de tarefas, ideal para projetos extensos, para trabalhos em equipe ou para organização de ideias, pendências e anotações. É uma ferramenta gratuita.
  • Office 365: pacote de aplicativos do Office da Microsoft para baixar ou usar online com funcionalidades de email, agenda, armazenamento de arquivos em nuvem através do One Drive, reuniões por videoconferência,, criação, edição e compartilhamento de planilhas, documentos e apresentações e muito mais.
  • Software de gestão ERP: é um software corporativo completo que permite que os gestores possuam informações de todas as áreas da empresa (finanças, estoque, vendas, compras, logística, fiscal, produção, contabilidade, etc.) em um único sistema.
    • Ex: ContaAzul, Tiny ERP, Omie, FoccoERP, etc.

Marketing e Vendas:

  • Instagram: rede social para publicação de fotos e vídeos e realização de lives. Ferramenta interessante para ser usada como catálogo online e para atrair e engajar clientes. É gratuita e pode ser utilizada para criação de uma página comercial (funcionalidade que oferece algumas métricas de engajamento) e pode conectada a uma página no Facebook.
  • Facebook: rede social para compartilhamento de conteúdos em diversos formatos como imagens, vídeos, links e textos. É gratuita e pode ser utilizada para a criação de uma página que fornece informações sobre os produtos e serviços da empresa, bem como localização e funciona como um canal de contato com clientes. Possui painel específico para negócios chamado Facebook Business.
  • Linkedin: rede social voltada para o mundo dos negócios. Permite que os usuários criem páginas empresariais. É um bom lugar para expor informações institucionais.
  • WhatsApp Business: aplicativo de mensagens que, na versão Business específica para negócios, permite agregar funcionalidades como conexão ao email, agenda e horários de atendimento, automação de mensagens, breve apresentação de produtos e serviços e mais. 
  • Google Meu Negócio: ferramenta gratuita do Google que ajuda empresas a gerir a presença dentro do buscador e no Google Maps. Auxilia a empresa a ser encontrada com mais facilidade quando pesquisada no Google.
  • Telegram: aplicativo de mensagens que possibilita a criação de jornadas digitais. Pode ser um excelente ponto de comunicação com os clientes, principalmente pela funcionalidade de listas de transmissão. É uma ferramenta gratuita.
  • Automação de marketing: ferramenta que permite automatizar emails, posts em mídias sociais, criar landing pages, monitorar métricas de engajamento, acessos e interações e mais. 
    • Ex: RD Station, MailChimp, E-Goi, etc.
  • Blog e site: ideal para compartilhamento de conteúdos, cases, materiais ricos e para ser um portal de solução de dúvidas de clientes. Quando desenvolvido dentro de alguma plataforma envolve apenas custos de domínio e hospedagem.
    • Ex: WordPress, Wix, Blogspot, etc. 
  • Materiais gráficos: criação de peças publicitárias, materiais para redes sociais e comunicações, cartão de visitas virtual, entre muitas outras possibilidades.
    • EX: Canva, PDF App, Inkscape, etc.
  • Marketplaces: ideais para lojistas que não pretendem ou não possuem muitos recursos para abrir o próprio e-commerce.

  • Ex: OLX, Mercado Daqui, Magazine Luiza, Maumi, Mercado Livre, etc.
  • Apps de pagamento: servem tanto para compras online quanto para modalidades de delivery de produtos. 
    • Ex: Cielo, PicPay, Safe2Pay, NuBank, etc.
  • CRM Online: ferramenta de gestão de relacionamento com clientes. Fornece informações sobre clientes ativos, inativos, em prospecção e oportunidades.
    • Ex: Piperun, Agendor, etc.

Atendimento ao cliente:

  • Videoconferência: reuniões por vídeo com os clientes para resolver pendências, apresentar produtos, solucionar dúvidas, buscar feedback, etc.
    • EX: Google Meet, Zoom, Facebook Rooms, Microsoft Teams, etc.
  • Central Telefônica em Nuvem: utiliza tecnologia VoIP e acarreta em custos bem menores para a empresa, além de garantir muito mais mobilidade. 
    • Ex: Jive, NativeIP.

A nova era digital traz para o mundo dos negócios um novo conceito: empresas phygital. Ou seja, empresas nas quais os ambientes físicos e digitais trabalham cada vez mais próximos para garantir a melhor experiência do cliente. Com a utilização de tecnologias e uma mudança de mindset, tal como mencionamos até aqui, mesmo pequenas empresas ou empreendedores autônomos podem engajar nesse movimento e fornecer aos clientes uma jornada com mais mobilidade, praticidade e de forma mais conveniente, sendo uma forma de promover maior engajamento e maiores retornos para a empresa, mesmo em um contexto no qual os clientes são migrantes.

Você já utiliza alguma dessas ferramentas e tecnologias? Compartilhe com a gente sua experiência!

Para se adaptar e vencer os desafios da era digital, fale com os especialistas da Introduce e descubra as melhores soluções para sua empresa! Conecte-se com a gente e vamos juntos construir histórias! 

Quer saber ainda mais sobre o tema? Então acompanhe nossa live junto com Guilherme Censi, advogado e coordenador da Comissão de Direito Digital e Novas Tecnologias da OAB, sobre “Transformação Digital como oportunidade para pequenas e médias empresas”.
Conecte-se com a gente! Te esperamos no dia 29/07 (quarta-feira) às 19:30 no perfil da @oabcaxias no Instagram!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.