O papel do CIO e CTO na nova era digital

Tempo de leitura: 3 minutos

A pesquisa State of the CIO 2019 conduzida pela IDG, revelou que 81% dos CIOs vêem suas funções se expandindo para incluir novas responsabilidades, tal como análise de dados e operações, desenvolvimento de negócios, atendimento ao cliente e desenvolvimento de produtos. Além disso, 62% desses profissionais também afirmam estarem sendo solicitados a criar novos fluxos de receita para as empresas.

Os dados mostram que, embora os CIOs e CTOs tenham, por muito tempo, sido responsáveis unicamente pela infraestrutura de tecnologia e segurança para a operação da empresa, as novas tecnologias estão criando caminhos para que esses profissionais possam habilitar e evoluir estratégias de negócios e serem geradores de valor e receita para as empresas.

Continue a leitura e entenda a metamorfose na gestão de tecnologia da informação das empresas. 

Como as novas tecnologias impulsionam a transformação dos CIOs e CTOs

A nova era digital tem transformado o mercado de trabalho. Além da criação de novos cargos, tal como CDO (Chief Data Officer  e Chief Digital Officer), CTO (Chief Transformation Officer), DPO (Data Protection Officer), etc, também é responsável por grandes mudanças nas atividades e responsabilidades de cargos antes muito bem definidos dentro do alto escalão da tecnologia.

Como mencionado, já é requerido a mais de 60% dos CIOs que criem novas fontes de lucro. Ou seja, as atribuições dos diretores de TI e Tecnologia passam a se concentrar também no uso de tecnologias para descoberta de novos produtos, serviços, modelos de negócio e, consequentemente, geração de receita.

A era digital é marcada por movimentos que irrompem em grandes revoluções: lançamento da internet, a popularização dos dispositivos móveis e, no momento atual, as tecnologias de nuvem. A nuvem abre caminhos para que CIOs e CTOs possam explorar o poder computacional para transformar outras áreas do negócio, além de tornar a infraestrutura da empresa muito mais simples, tomando menos tempo dos CIOs e CTOs em relação ao gerenciamento das mesmas.

Os insights que ferramentas e tecnologias que se baseiam em nuvem, tal como Business Analytics, Big Data e Inteligência Artificial fornecem, possibilitam que os gestores de tecnologia evoluam as estratégias do negócio, promovendo nessa movimentação parcerias entre outras funções corporativas que por muito tempo estiveram trabalhando fechadas e centradas unicamente em seus silos. 

Quais os novos caminhos dos CIOs e CTOs?

Empresas que entendem a necessidade inovar e transformar o negócio para sobreviver ao novo mercado sabem que é preciso que seu planejamento e execução sejam focados no elemento humano. Ou seja, no desenvolvimento de produtos, serviços e soluções que resolvam problemas reais e atendam às expectativas dos consumidores. 

Para isso, é preciso não apenas a colaboração entre os diretores técnicos e executivos, mas também o empoderamento de áreas da empresa que tem o domínio e a expertise sobre a maior fonte de insights para que essa inovação aconteça: os dados.

Assim  CIOs e CTOs se tornam essenciais na difusão da transformação a nível de tecnologias, processos e pessoas e áreas como a TI, que por muito tempo foram vistas apenas como um gasto, passam a protagonizar novas formas de geração de receita para o negócio. 

Segundo a Gartner, os novos diretores de TI e Tecnologias sintonizados às mudanças da nova economia, podem expandir-se também para funções de COOs, CDOs ou inovadores. 

Você CIO ou CTO, qual é o perfil em seu negócio? 

Conheça os 5 serviços essenciais em nuvem e revolucione sua empresa em 2020! Converse com um de nossos especialistas e venha para a nuvem com a Introduce. 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.