O que é computação em nuvem?

Tempo de leitura: 3 minutos

Vamos começar com uma definição de o que é computação em nuvem. A “nuvem” é um lugar para aonde as pessoas têm enviado muitos arquivos nos últimos tempos. Bastou as conexões ficarem suficientemente boas e pronto: manda para a nuvem. De tanto que caiu no gosto das pessoas, até parece que ela é um lugar que você pode ir pegar ou deixar alguma coisa. Abaixo, vamos ver que computação na nuvem não é tão diferente disso, mas que também oferece MUITO mais.

O que é mesmo computação em nuvem?

O que é computação em nuvem? De forma simplificada, o Cloud Computing é todo aquele uso que você faz do seu computador ou dispositivo portátil sem de fato estar utilizando memória ou processamento dele. Todo o trabalho é feito por servidores a centenas ou milhares de quilômetros de distância através da Internet. O exemplo mais básico que temos é o antigo e-mail. Isso mesmo. Basta lembrar que todas aquelas mensagens, fotos, etc. não estão no seu computador, mas em servidores remotos.

Alguns exemplos

G Suite IntroduceHoje em dia é muito fácil e prático possuir contas em serviços que oferecem programas de texto, planilhas e armazenamento de dados na nuvem (conheça a solução G Suite do Google) . Não é mais necessário você levar o seu computador caso queira mostrar tabelas, compartilhar documentos e apresentações com alguém, basta acessar a sua conta e pronto. Ela está acessível de qualquer lugar do planeta. Lembre-se do smartphone: boa parte das suas fotos não estão armazenadas nele. Suas músicas então? Dificilmente você possui arquivos MP3 nele. Certamente toda as suas músicas estão na nuvem.

Serviços como Netflix permitem que você assista filmes em FullHD e multicanal no conforto da sua sala; mas o filme não está ali, não está na máquina. Ele se encontra na nuvem. O mesmo vale para o YouTube, HBO Go e muitos outros.

As empresas já estão na nuvem

Vamos lembrar quando a gigante da computação, a IBM, chocou o mundo ao vender o seu departamento de computadores para a Lenovo. Na época muita gente não entendeu aquela manobra, mas o novo foco da empresa em serviços, basicamente dedicados à nuvem, impulsionou muito os seus negócios.

Empresas de todos os tamanhos já utilizam de serviços de computação remota. É mais eficiente. Ao invés de montar caros parques de computadores, investir em segurança de rede, manutenção, atualização de equipamentos, agora basta investir em servidores remotos. A capacidade de processamento, de armazenamento, tudo pode ser escalonado de acordo com a demanda, de forma segura, organizada e sem se preocupar com backup – os arquivos passam a ter uma série de cópias de segurança.

O futuro

A utilização de servidores remotos para o uso cotidiano só cresce, por isso é importante ficar atento a segurança na nuvem. Assim como as empresas, o usuário comum terá a opção de abandonar máquinas de alto desempenho para uso pessoal, já que a nuvem será incrivelmente mais eficiente. Atualmente assistir filmes e ouvir música e até jogar games com qualidade de Xbox One e Playstation 4 direto na sua TV ligada à rede é possível. Nada de videogame, o jogo roda a partir da Nuvem.

Agora que já está dominado o assunto “O que é computação em nuvem?”, queremos saber. E você? Quais  serviços de computação em nuvem já utiliza? O que acha? Conta para a gente a sua experiência. Queremos te ouvir.

Quer aprofundar seus conhecimentos sobre Cloud Computing? Acesse nosso e-book aqui

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.