“Startup – Jessica Livingston” – uma viagem pelas mentes mais inovadoras do planeta

Tempo de leitura: 3 minutos

O livro Startup de Jessica Livingston é uma verdadeira aventura no mundo da inovação, percorrendo os caminhos intrincados das mentes brilhantes por trás de empresas milionárias. Escrito no formato de transcrição de entrevistas, suas linhas mostram fatos do passado de grandes empreendedores que acabaram fundando ou trabalhando em grandes companhias como a Apple e desenvolvendo grandes produtos, como o Gmail. 

Embora haja um consenso de que não há uma fórmula mágica para a criação de startups, as entrevistas mostram que uma grande e inovadora ideia pode estar bem na nossa frente, basta ser determinado e criativo o suficiente para ver. Também ensina que a falta de recursos e uma mente que transborda sonhos e vontade de fazer pode criar os produtos mais incríveis com um aproveitamento máximo de recursos. Mas, acima de tudo, mostra que uma grande empresa é formada por um grande time e guiada por um grande propósito. Muitos dos empresários criaram um plano de negócios para fundar a empresa, mas acabaram abandonando o mesmo em algum ponto, em prol de um propósito, de um ideal, de um desejo de crescer e evoluir e melhorar cada vez mais a experiência do usuário.

O que me marcou durante esta leitura, além da infindável inteligência e criatividade de todas essas pessoas incríveis e seu desejo de autonomia, foi a determinação e por vezes a loucura de mergulhar a fundo no que acreditavam, mesmo sem apoio, capital ou certeza de que daria certo. Foi ver como eles abraçaram dádiva de escolher o que muitos pensam que seria um erro, quando na realidade é um passo gigante para o futuro. Como seguiram um sonho, o desejo de uma vida, que os levou a construção de uma tecnologia, de uma solução que para a época parecia impossível e que hoje é algo que já não podemos, ou melhor, não sabemos viver sem.

É uma leitura que a cada página nos convida, de forma sutil, a abraçar a inovação, conhecer o desconhecido, observar os problemas e perceber que eles podem ser universais e portanto, se motivar a criar uma solução igualmente universal para eles. Mas, acima de tudo, mostra que sem um propósito, uma equipe unida, um “quê” de loucura e muita determinação, não há empresa que resista às intempéries do mercado.

Citações favoritas:

“Não existe realização sem execução.” – Marcos Wettreich.

“A determinação é a qualidade mais importante para um fundador de startup.” –  Jessica Livingston.

“As pessoas gostam da ideia de inovação no abstrato, mas tendem a rejeitar uma inovação concreta que lhes é apresentada porque não está de acordo com o que já conhecem.” – Jessica Livingston.

“[…] era a democratização da mídia, era dar poder a todas as pessoas e satisfazer o desejo universal de expressão pessoal e a atração por uma voz pessoal real.” – Evan Williams, sobre o Blogger.

“É preferível imaginar onde estará o mercado em alguns anos, concentrar-se em uma solução futura e deixar o mercado se forçar para alcançar você” – Charles Geschke.

“É muito difícil que haja uma harmonia entre o que você pode pensar que as pessoas precisam e o que de fato precisam.” – David Heinemeier Hansson.