Sustentabilidade empresarial: transformação do ambiente corporativo

Tempo de leitura: 6 minutos

A sustentabilidade é um tema que acompanha as sociedades há muito tempo, sendo um grande destaque na mídia tanto pela preocupação, quanto por polêmicas que cercam a questão. Um grande marco da importância da questão ao redor do globo foi a assinatura do Tratado de Kyoto em 1997 no qual os países integrantes da ONU se comprometeram a amenizar o impacto dos problemas ambientais causados pelas indústrias e hábitos de consumo catalisados na 2ª Revolução Industrial, bem como a reduzir a emissão de gases causadores do efeito estufa.

Assim, empresas com sustentabilidade em seu DNA eram consideradas inovadoras. Porém a evolução tecnológica das 3ª Revolução Industrial e 4ª Revolução Industrial trouxe a tona a Sustentabilidade Empresarial como uma forma de sobreviver, especialmente com a consolidação de novos conceitos e formas de empreender como a economia circular e as Rentechs.

Entenda mais sobre esses conceitos e descubra por que a Sustentabilidade empresarial é um caminho sem volta e como a TD pode ajudar na transformação do seu negócio para o mundo sustentável.

Sustentabilidade Empresarial em três pilares

A sustentabilidade, também chamada desenvolvimento sustentável, foi conceituada pelo World Business Council for Sustainable Development como o equilíbrio entre três dimensões balizadoras da sustentabilidade: economia, meio ambiente e a sociedade.” No contexto da esfera corporativa, isso representa a coexistência harmônica entre o diferencial competitivo, a ecoeficiência das operações e a responsabilidade social.

Segundo o professor Michael Porter da Harvard Business School, as empresas precisam pensar produtos e serviços como agentes de transformação social. Assim sendo, a sustentabilidade empresarial trata de governança corporativa e planejamento estratégico, passando pelo desenvolvimento de produtos, processos, padrões de atuação e condutas que trabalhem em prol de soluções para a sociedade, considerando amenizar o impacto ambiental que podem causar.

Nos dias de hoje a tecnologia é um grande propulsor da sustentabilidade, pois nos possibilita repensar e modificar a forma como nos relacionamos com o ambiente em que estamos inseridos. Dentro desse fluxo de transformações, surge a Green Tech (do inglês, Tecnologia Verde). A Tecnologia Verde se constitui como um ecossistema de tecnologias voltadas para a preservação ambiental e redução da pegada de carbono, abrangendo desde sistemas de energia inteligente, até aplicativos de economia compartilhada ou compartilhamento de veículos.

Outro pilar que sofreu grande metamorfose é a economia. Hoje os negócios se voltam para um novo modelo econômico: o modelo circular. Esse novo conceito estabelece novas formas de consumir e produzir, pois se baseia na dissociação do crescimento econômico do consumo cada vez maior de recursos e matéria-prima. Ou seja, o velho modelo de extração, transformação e descarte é substituído por um modelo produtivo no qual os materiais circulam por sistemas industriais integrados, baseados em restauração e regeneração, nos quais o material tem sua capacidade biotécnica utilizada ao máximo. Assim, durante todo o processo ocorre o aproveitamento dos recursos e resíduos que já se encontram dentro daquele ciclo produtivo. 

No âmbito social, a sustentabilidade está ligada a um distanciamento da visão de lucro acima de tudo, em prol de uma aproximação com a vida orgânica da sociedade. Nesse pilar, destacam-se a transparência nas ações, a integração da estratégia de negócios com políticas sustentáveis e gestão ambiental.

Desafios da sustentabilidade empresarial

Toda a jornada enfrenta obstáculos, a da sustentabilidade empresarial não seria diferente. Podemos citar como os principais desafios:

  • Mensurar o impacto dos processos internos nas pessoas, no meio ambiente, na criação e distribuição de produtos e serviços.
  • Pensar na iniciativa sustentável como uma contribuição para o ambiente, e não como um diferencial gerador de lucro. 
  • Incluir a sustentabilidade no core da empresa;
  • Tornar a sustentabilidade um ato cotidiano dentro do ambiente corporativo, pela mudança de mindset de todos os envolvidos no negócio;
  • Envolver a alta gestão na causa sustentável;
  • Trabalhar internamente o tema da sustentabilidade e consolidá-lo internamente antes de externalizá-lo;

Como a Transformação Digital contribui para a Sustentabilidade Empresarial

Um estudo do Fórum Econômico Mundial revela que a Transformação Digital pode ajudar a evitar a emissão de 26 bilhões de toneladas métricas de CO₂ concentrados em três principais setores emissores de poluentes: eletricidade, logística e automotivo. 

Podemos citar as RenTechs como um exemplo de como a TD têm se organizado com foco na sustentabilidade. As RenTechs atuam no setor de energia e se iniciaram pelos investimentos de grandes corporações em energia limpa como forma de reduzir custos, desenvolver mais o setor de energia verde e ajudar na contenção das mudanças climáticas. Assim, essas empresas constroem ou comprar parques eólicos e fazendas solares, utilizando esta energia para suas operações e fornecendo abastecimento de energia alternativa com os excedentes energéticos produzidos em sua rede. 

Além disso, tecnologias como IOT, machine learning e deep learning têm contribuído para o desenvolvimento de cidades e casas inteligentes, além de auxiliarem na automatização e no uso inteligente de recursos naturais em setores como o agronegócio. Bem como na otimização de processos fabris e industriais, evitando desperdícios e excesso de poluição durante a produção. Outra tecnologia de grande impacto são as impressoras 3D, que possibilitam a produção local de mercadorias, reduzindo não só o uso de matéria-prima, mas também a pegada de carbono causada pelo transporte e frete de produtos.

No que compete à cultura empresarial, a Transformação Digital sendo primariamente sobre pessoas, busca a mudança de mindset e a construção de padrões de atuação que visem incorporar a sustentabilidade nos pilares de pessoas, processos e tecnologias. 

Como podemos perceber, a sustentabilidade empresarial é uma pauta muito em voga na atualidade que tem se tornado um requisito cada vez mais essencial para negócios que buscam crescer no mercado da nova economia, além de ser a propulsora da criação de novas soluções e nichos de mercado. Assim, ela exige uma mudança de mindset envolvendo tecnologias, pessoas e processos por parte das organizações a fim de se adaptarem às necessidades dos novos consumidores e mercados engajados com as causas ambientais. 

Quer conhecer mais sobre os impactos da Transformação Digital no seu cotidiano? Acompanhe conosco e conheça o caso da agricultura vertical.